• Inglês
  • Espanhol
uso de celular no trabalho

Uso de celular no trabalho: como evitar mau uso e maximizar os benefícios

O celular já é considerado fundamental para o cotidiano – é bem provável que você esteja lendo este texto no seu próprio aparelho. Portanto, é apenas natural que os dispositivos sejam usados também no mundo corporativo. No entanto, embora muitas empresas ainda vejam isso como um risco, o uso de celular no trabalho para atividades corporativas pode trazer uma série de benefícios – desde que gerenciado da forma correta.

Empresas que contam com o uso do celular no trabalho

Mas, então, por que contar com aparelhos móveis (não somente smartphones, mas também tablets, por exemplo) na sua empresa? A resposta mais simples é: porque esses aparelhos podem automatizar processos, ampliar a produtividade e reduzir custos em diversos setores.

Essa dúvida muitas vezes está ligada a outro questionamento: saber que tipo de empresa pode utilizar os dispositivos portáteis. Celulares só servem para empresas de tecnologia? Ou, então, para grandes corporações do meio de logística? Os smartphones só podem ser usados por gestores?

A verdade é que independente do setor e do porte da empresa, qualquer negócio pode se aproveitar do uso de smartphones e tablets. Para isso, só é preciso que as atividades da empresa possam utilizar a mobilidade corporativa (ou ampliá-la). Ou seja: basta que o seu negócio tenha a necessidade de incrementar sua produtividade por meio de celulares e tablets.

Portanto, se a sua empresa poderia proporcionar mais agilidade para colaboradores, automatizar processos, ampliar a produtividade das equipes e reduzir custos de infraestrutura através de dispositivos móveis, então ela deve apostar no uso de celular no trabalho.

Benefícios do uso do celular no trabalho

Agora que você já sabe por que usar dispositivos móveis e se eles podem se adequar a realidade da sua empresa, é possível descobrir outro ponto fundamental: afinal, o que esses equipamentos podem agregar de positivo ao seu negócio?

Assim como o próprio uso dos aparelhos dentro das atividades da sua corporação, os benefícios oferecidos por eles também variam de acordo com as especificidades da sua empresa.

De forma geral, o uso de celular no trabalho pode aumentar a produtividade, pois facilita as tarefas e permite que os colaboradores operem de maneira remota e mais ágil, e auxilia na tomada de decisões por meio da coleta de dados do uso dos dispositivos (como consumo do pacote de dados de Internet, performance da bateria, geolocalização, entre outros).

Riscos do uso de celular no trabalho

No entanto, nem tudo são flores quando o assunto é mobilidade corporativa. O uso do celular no trabalho, quando implementado de forma equivocada, pode acarretar em problemas para a empresa e também para os colaboradores.

Por exemplo, caso não haja um controle de quais aplicações podem ser instaladas e/ou não ocorrer um treinamento com os colaboradores sobre o papel de um smartphone/tablet corporativo (e que, portanto, deve ser usado apenas para atividades profissionais), o celular no trabalho pode afetar a produtividade.

Além disso, essa falta de gestão de apps pode trazer outros reflexos, como: descontrolar o consumo de dados, gerar problemas de performance (caso haja muitos aplicativos instalados) e oferecer riscos de segurança (com a instalação de apps maliciosos).

Outro problema bastante frequente que surge com a integração de smartphones nas empresas é o uso do celular corporativo fora do expediente. Devido à facilidade e praticidade que esses equipamentos possibilitam – afinal, as ferramentas para o trabalho estão na palma da mão e podem ser usadas em qualquer ambiente -, pode ocorrer também o excesso de trabalho por parte dos colaboradores. Isso, além de atrapalhar o rendimento deles, também pode acarretar em questões legais por parte da empresa.

Mas então, como garantir que os benefícios do uso de celular no trabalho sejam aproveitados e, em contrapartida, não haja reflexos negativos dessa tecnologia? A resposta está no Mobile Device Management (MDM, na sigla em inglês), ou seja, na Gestão de Dispositivos Móveis.


banner guia de gerenciamento dos dispositivos móveis

A melhor forma de gerenciar o uso do celular no ambiente de trabalho

Através de uma ferramenta de MDM, é possível fazer com que o uso do celular no ambiente de trabalho seja sempre voltado para a produtividade, agilidade e facilidade da empresa e seus colaboradores – evitando assim o evitar o uso indevido dos smartphones ou tablets.

Com uma ferramenta de gerenciamento de dispositivos móveis, sua empresa conta com uma série de funcionalidades e configurações que podem ser aplicadas a diversos aparelhos simultaneamente, de forma remota e segura. Entre as principais, estão:

  • Liberar o acesso a apenas aplicativos autorizados;
  • Instalar e atualizar apps remotamente e de forma massiva (em vários aparelhos ao mesmo tempo);
  • Saber a geolocalização dos smartphones/tablets;
  • Definir um horário de funcionamento para os aparelhos (por exemplo, somente no expediente de trabalho);
  • Bloquear os dispositivos em caso de furto ou perda.

No caso do gerenciador de dispositivos móveis da Pulsus, por exemplo, essas configurações e muitas outras podem ser feitas através de uma plataforma online com interface intuitiva e de fácil uso (basta ter um navegador e acesso à Internet).