• Inglês
  • Espanhol

Google Meet 2023: o que muda no aplicativo de videochamada?

Saiba porque o Google Duo agora é Google Meet e como as mudanças nos apps afetam os profissionais que utilizam a ferramenta em dispositivos móveis corporativos

Se a mobilidade corporativa já era uma tendência global, antes de 2020, o período de pandemia acelerou o processo de uso, mostrando o quão fundamental tablets e celulares corporativos são para o aumento da produtividade e efetividade dos processos operacionais.

Com a intensificação do uso do Google Meet, nos últimos dois anos, devido a migração em massa dos trabalhadores para o modelo home office, a ferramenta se popularizou e tomou proporções nunca antes vistas. 

Na época do isolamento social global, em muitas empresas as videochamadas passaram a ser essencial para a continuidade das atividades, sem grandes prejuízos à operação. 

Evidentemente, acompanhando todo esse movimento da sociedade e a crescente demanda do recurso, a Google passou a oferecer funcionalidades ao público, antes destinadas apenas aos assinantes.

Reuniões com duração ilimitada, possibilidade de gravação de reuniões, controles do administrador para segurança das reuniões, número de 250 pessoas por reunião, transmissão ao vivo para até 100 mil pessoas, entre outras, foram disponíveis de forma totalmente gratuita.

Entretanto, passado o período mais crítico da pandemia, a Google apresenta algumas novidades. Quer saber o que mudou nos aplicativos de videochamadas e se isso pode afetar a produtividade no trabalho em 2023?

Continue a leitura deste post e veja tudo o que você precisa saber sobre essa mudança.

Integrar para conquistar

Quem tem familiaridade com o sistema Android Enterprise e utilizava o Google Duo, já deve ter reparado que o ícone do app mudou para o mesmo do Google Meet. 

Isso aconteceu porque no final de 2022, a Google integrou o Google Duo ao Meet, na tentativa de reunir em um só aplicativo todos os recursos que antes eram de ambos os aplicativos. 

A ideia, segundo a empresa, é oferecer apenas um serviço de videochamada ao usuário, facilitando e melhorando sua comunicação, por meio dessa ferramenta.

Com essa junção de aplicativos, a Google conseguiu cruzar as funções de dois apps em apenas uma solução completa. Entre as funções novas estão os filtros e efeitos, as mensagens de textos e vídeos e ainda videoconferências com números de telefone e endereços de e-mail.

Saiba mais: Como aumentar a produtividade e reduzir custos em MOBILIDADE CORPORATIVA com a Pulsus?

Google Duo agora é Meet

Todas as funções existentes no Google Meet foram adicionadas ao Duo, que agora é Meet. Dessa maneira, será possível agendar reuniões ou abrir videochamadas instantaneamente em dupla ou grupos, e ainda solicitar ao Google Assistente fazer ligações usando os dispositivos conectados ao app.

Aos trabalhadores da linha de frente que mantêm conversas, contatos e mensagens em seus dispositivos móveis não precisam se preocupar, o histórico permanece salvo no aplicativo e nenhuma informação será perdida.

E, assim como quem utiliza celulares e tablets gerenciados por um MDM eficiente, como o da Pulsus, não precisa se preocupar com atualizações, usuários que têm o Duo instalado não devem se antecipar para instalar outro aplicativo, basta manter o atual atualizado na loja de apps. 

Para quem já tem o Meet instalado no aparelho, pode continuar usando o app normalmente. Após o lançamento das atualizações, que deve acontecer em meados de fevereiro de 2023, os usuários serão orientados pela plataforma a usarem a nova versão.

Leia também: Rollout em projetos de mobilidade não precisa ser um trauma para a TI

Com Pulsus você adiciona eficiência á sua operação de mobilidade

Confirmando sua liderança e relevância no mercado de mobilidade corporativa na América Latina, Pulsus é a primeira empresa do Brasil a obter selo Android Enterprise, na categoria EMM, integrando a seleta lista da Google das 10 empresas globais a conquistar essa certificação.

Com uma plataforma inteligente e intuitiva, que se destaca no mercado pela qualidade de seus recursos, a Pulsus oferece para empresas de diferentes segmentos, o que há de mais completo em gerenciamento de dispositivos móveis.

Lembrada por clientes que almejam aumentar a produtividade e segurança de suas operações que envolvem tablets e celulares, a Pulsus disponibiliza ferramentas para análises de dados e informações precisas, transformando os negócios principalmente em processos que envolvem atividades críticas.

Para quem precisa de agilidade, o gerenciador de dispositivos móveis da Pulsus entrega automação, com comandos sendo realizados de maneira totalmente remota e em tempo real. Além da possibilidade de serem realizados em lote.

Se é economia o que você deseja, acesse a Calculadora da Mobilidade e calcule quanto de tempo e dinheiro a sua empresa está perdendo por não investir em uma solução MDM eficiente.

Conheça nossa solução e comprove porque a Pulsus é a parceira estratégica ideal para levar a sua empresa ao próximo nível de maturidade digital.

Entre em contato com um de nossos especialistas ou Experimente Grátis por 15 dias o gerenciador de dispositivos móveis que vai fazer a diferença nos resultados do seu negócio.