• Inglês
  • Espanhol
gerenciador de dispositivos móveis ou applock

Gerenciador de dispositivos móveis ou AppLock: qual o melhor?

Quem busca uma solução efetiva e de fácil uso para gerenciar dispositivos móveis corporativos provavelmente já considerou utilizar uma aplicação bastante popular: o AppLock. Ele permite bloquear o acesso a determinados apps dos celulares e tablets – mas não apresenta recursos mais avançados, voltados para empresas. Neste post, saiba como escolher entre o AppLock e uma solução mais completa de gerenciamento de dispositivos móveis.

O que é o AppLock?

O AppLock é um aplicativo para smartphones e tablets que permite bloquear o uso de aplicativos e o acesso a configurações e funcionalidades. Dessa forma, o software exige que seja inserida uma senha para que determinadas aplicações (escolhidas pelos usuários) sejam liberadas.

O app é gratuito – mas possui algumas funcionalidades “premium”, que são pagas – e pode ser usado apenas em dispositivos Android. Seu uso é focado somente no bloqueio de aplicativos e com alguns recursos de personalização. Dessa forma, costuma ser uma boa opção para quem tem demandas mais simples, geralmente voltadas para o uso pessoal.

O AppLock é muito indicado para situações do cotidiano, como, por exemplo, evitar que os filhos tenham acesso à loja de apps e acabem efetuando compras. No entanto, ele pode deixar a desejar quando a necessidade é por um gerenciamento mais apurado e profundo – como saber a localização dos aparelhos ou atualizar apps remotamente.

O que é um gerenciador de dispositivos móveis corporativos

Já um gerenciador de dispositivos móveis é uma solução mais completa, voltada para o ambiente corporativo, que conta com uma série de recursos. Baseada no conceito de MDM (Mobile Device Management, ou Gerenciamento de Dispositivos Móveis), essa ferramenta, geralmente, atua de duas formas: o aplicativo do gerenciador é instalado nos aparelhos; um gestor acessa uma plataforma online para definir configurações, visualizar dados e utilizar os demais recursos da ferramenta.

No caso da Pulsus, isso ocorre por meio de uma plataforma na nuvem – assim, para gerenciar os celulares e tablets só é preciso um navegador e conexão com a Internet. Dependendo de qual a solução de MDM for escolhida, você pode contar com uma série de recursos. No caso do gerenciador de aparelhos móveis da Pulsus, é possível:

  • Liberar o acesso a somente apps pertinentes para o seu negócio;
  • Definir sites que podem ser acessados nos dispositivos;
  • Verificar a localização dos aparelhos em um mapa em tempo real;
  • Atualizar apps e enviar arquivos de forma remota;
  • Acompanhar informações de performance dos dispositivos (como consumo de bateria e de dados de Internet, espaço de armazenamento e quais apps são mais utilizados, entre outras);
  • Ter um launcher personalizável (tela inicial do dispositivo).

A forma de contratação de uma ferramenta de MDM pode variar bastante. No caso da Pulsus, a empresa paga o valor correspondente ao pico de aparelhos durante o mês. Por ser uma solução paga e com recursos mais amplos, um gerenciador de dispositivos móveis é, geralmente, indicado para empresas que apostam na mobilidade corporativa para alcançar o sucesso e precisam que seus aparelhos sejam usados da forma mais eficiente e produtiva possível.


banner guia de gerenciamento dos dispositivos móveis

Qual escolher?

Pela descrição de cada uma das opções, você provavelmente já deve ter percebido qual a melhor para a sua necessidade – pois esse é o ponto principal da escolha. É preciso saber exatamente o que você está procurando e qual é a demanda que a sua empresa tem. Dessa forma, fica mais fácil identificar qual a solução mais eficiente para essa carência.

Se sua empresa ainda está começando a implementar a mobilidade corporativa, tem pouquíssimos aparelhos e só precisa realmente bloquear um smartphone corporativo, o AppLock pode ser uma solução eficiente. No entanto, vale ressaltar que a gestão dos dispositivos nesse caso (ou seja, a restrição dos apps) deve ser feita de forma manual e individual, e isso representa um grande trabalho para a sua equipe de TI.

Já se o seu negócio busca uma solução completa, diversificada, com recursos avançados e que não atuará somente no bloqueio de aparelhos, mas também na gestão completa deles, o melhor é optar por uma ferramenta de MDM. Dessa forma, sua empresa consegue ter mais produtividade, reduzir custos (com o plano de Internet, por exemplo) e automatizar tarefas (como a atualização de apps).

Com um gerenciador de dispositivos móveis, o departamento de TI possui mais tempo para focar em outras questões e os colaboradores que utilizam os celulares e tablets têm a certeza de que estão com aparelhos equipados da melhor forma, com tudo que precisam para atuar com produtividade, assim evitando distrações e riscos.

E para saber se a ferramenta de MDM da Pulsus é o que a sua empresa precisa, você pode realizar o teste grátis da nossa solução com todas as funcionalidades disponíveis. É só clicar no botão abaixo!


Faça o teste grátis!