• Inglês
  • Espanhol
Qual o melhor smartphone para uso corporativo

Qual o melhor smartphone para uso corporativo: o que você precisa saber

Saber qual o celular corporativo escolher é um passo muito importante para empresas que desejam usufruir da mobilidade. E como o mercado é repleto de marcas, modelos e opções, essa decisão muitas vezes pode ser bastante difícil. Pensando nisso, separamos algumas dicas para lhe ajudar a descobrir qual o melhor smartphone para uso corporativo na sua empresa!


banner guia de gerenciamento dos dispositivos móveis

Como escolher um smartphone corporativo

Entre as questões que frequentemente permeiam o uso dos dispositivos móveis corporativos – por exemplo, se um celular corporativo pode ser rastreado -, a escolha do aparelho em si já apresenta um desafio.

Saber qual o melhor modelo, a melhor fabricante, que sistema operacional será o mais eficiente e quais recursos extras são importantes é fundamental para que a mobilidade corporativa do seu negócio tenha sucesso.

E tudo isso fica ainda mais complicado devido a um fator: não existe uma fórmula pronta, não há aquele modelo de smartphone corporativo infalível. O segredo é, na verdade, saber quais são as necessidades de uso da sua empresa e, mais especificamente ainda, de cada setor/equipe que usará os aparelhos.

Dessa forma, você precisa procurar no mercado por aqueles modelos que correspondem a essas necessidades e que suprirão tais carências e trarão eficiência no desenvolvimento das tarefas. Ainda assim, é uma procura bastante trabalhosa – tanto que até o Google já elegeu alguns aparelhos indicados para empresas (mas todos, claro com Android).

Qual o melhor celular corporativo: dicas de configuração

Ainda assim, é possível estabelecer alguns padrões e, ficando de olho em características de hardware e software, perceber quais configurações dos aparelhos podem ajudar a sua empresa.

Veja abaixo algumas dicas sobre os principais influenciadores da performance de um celular corporativo para você definir qual o melhor smartphone para uso corporativo dentro da realidade do seu negócio.

Memória

A capacidade de armazenamento, ou seja, o tamanho da memória dos aparelhos, é um fator decisivo para quem precisa guardar uma boa quantidade de dados ou mesmo contar com um número extenso de aplicativos instalados.

Essa característica pode variar muito de acordo com o aparelho, e sua capacidade costuma impactar bastante no valor dos dispositivos. Portanto, a memória do celular (mensurada em gigabytes) merece atenção.

Para saber qual o valor de GBs ideal, pense no uso que o smartphone terá no dia a dia. Ou seja: caso os colaboradores necessitem salvar muitos arquivos e contar com diversos apps e não tenham outras formas de salvar tudo isso que não na memória física do dispositivo (uma alternativa, por exemplo, seria guardar os dados na nuvem), priorize os modelos com bastante memória.

Sistema Operacional

Atualmente, existem duas principais opções de sistema operacional para um smartphone corporativo: o iOS, presente nos celulares da Apple, e o Android, sistema criado pela Google que equipa os modelos de praticamente todas as outras empresas. Alguns modelos ainda contam com o sistema Windows, mas sua adesão é muito pequena.

Essas duas variáveis de sistema são muito distintas entre si. O iOS é um software fechado, de propriedade total da Apple e que é feito especificamente para rodar em aparelhos da marca, otimizando assim sua performance ao máximo – porém, oferece pouca customização.

Já o Android é um software open source, ou seja, seu código fonte pode ser alterado pelas fabricantes. Isso permite que cada marca tenha, caso deseje, um sistema com características próprias e que se adapta a diversos modelos. Isso, por um lado, representa mais customização e liberdade de uso; por outro, pode significar que certos smartphones não sejam tão otimizados para o sistema operacional da Google.

Além disso, outra característica que se deve ter em mente, além das especificidades de cada sistema, é que, via de regra, aparelhos com iOS costumam ser mais caros do que outros rodando Android.

Processamento

Enquanto o sistema operacional e a capacidade de armazenamento costumam chamar mais a atenção de quem está avaliando a compra de um smartphone corporativo, a capacidade de processamento é outro aspecto fundamental para que o dispositivo tenha boa performance que por vezes pode ser negligenciado. Não cometa esse erro!

Nessa característica podem estar englobados o processador do celular (no mercado há uma imensa variedade de marcas e modelos) e a capacidade de memória RAM. Aqui é preciso lembrar que a memória RAM é diferente do armazenamento geral.

A primeira é responsável por guardar dados “temporários” que são usados nas atividades do dispositivo (por isso, quanto maior a memória RAM, maior a potencial do celular empresarial em executar tarefas). Já a segunda, como você já viu, salva as informações permanentes – como apps, arquivos, contatos e outras características.

Considerando tudo isso, de forma geral, se você quer saber qual o melhor smartphone para uso corporativo que precisa executar diversas tarefas, usar vários apps em multitasking e não sofrer com travamentos, priorize aqueles que têm processadores de última geração e grande memória RAM. Se sua necessidade é mais básica, modelos intermediários e mais simples podem ser o suficiente.

Recursos extras

Além das funcionalidades e características básicas de um celular empresarial, saber qual o melhor smartphone para uso corporativo também, em muitos casos, envolve recursos extras.

Câmera, tipos de conexão (Bluetooth, 4G, NFC, entre outras), capacidade da bateria e leitor de digital para maior segurança são alguns exemplos que, de acordo com a natureza do seu negócio, podem ajudar na produtividade das equipes e facilitar tarefas.

Mapeie todas essas necessidades e pese tudo isso no custo benefício dos aparelhos, já que em alguns casos os recursos podem afetar diretamente no valor dos dispositivos. Saiba o que priorizar e tenha muito claro quais tipos de funcionalidades são importantes e quais são supérfluos. Assim você encontrará o smartphone corporativo ideal para a sua empresa.

Qual o melhor smartphone para uso corporativo: perfil de utilização

Mesmo com todas as informações sobre os componentes que formam os smartphones corporativos e como eles podem afetar o seu negócio você ainda está com dúvidas? Abaixo você confere mais dicas com base em dois perfis de uso dos dispositivos – um mais básico e outro para gestores/tarefas mais complexas.

Para necessidades básicas

Se o que você procura é um dispositivo mais simples, pensado para necessidades básicas e do dia a dia – como registrar entregas, visualizar listas ou até mesmo utilizá-lo como GPS -, pode contar com smartphones mais modestos.

Esses aparelhos, geralmente, têm menor capacidade de memória (geral e também de RAM), processadores mais antigos e recursos limitados, mas que costumam dar conta do recado em atividades simples.

Dicas de modelos:

  • Alcatel 1 – mais básico, voltado para atividades comuns, mas com boa tela e câmera.
  • Motorola Moto E5 – a Motorola costuma apresentar bons modelos iniciais e o Moto E5 é um destaque, com performance um pouco melhor do que o Alcatel 1.
  • LG K12 Plus – quase um aparelho intermediário, esse modelo da LG se destaca pela sua sua certificação militar contra quedas, que se prova muito útil para empresas em que o smartphone corporativo pode sofrer alguns acidentes leves.

Para usos mais complexos

Já quem tem necessidade de executar tarefas mais complexas, armazenar uma grande quantidade de dados e aplicativos e, além disso, executar diversos apps precisa de um celular corporativo à altura.

Por isso, nesse caso, priorize equipamentos com maior memória RAM e capacidade de armazenamento, processadores mais modernos e também sistema operacional recente e/ou com garantias de atualização. Mas lembre-se que modelos nessa linha possuem preço maior.

Dicas de modelos:

  • Samsung Galaxy J8 – embora ainda seja tecnicamente um aparelho intermediário, esse modelo da Samsung tem 4GB de memória RAM, armazenamento de 64GB e câmera traseira dupla, além de Android 8.0.
  • iPhone 8 – devido ao seu alto custo, modelos da Apple costumam ser usados apenas em casos específicos. Se essa é a realidade do seu negócio, o iPhone 8 é uma ótima dica, pois tem processador Apple A11 Bionic, 3GB de RAM, armazenamento de até 256GB e câmera dupla.
  • Xiaomi Mi 9 SE – já se você busca um modelo importado com boa configuração e alto custo-benefício, esse aparelho da Xiaomi tem processador Snapdragon 712, memória RAM de 6GB, armazenamento de até 128GB e câmera tripla.

Agora você sabe como descobrir qual o melhor smartphone para uso corporativo que irá suprir todas as necessidades da mobilidade corporativa do seu negócio! Quer fazer ainda mais com smartphones empresariais? Então confira nosso post com dicas para usar o celular empresarial!