• Inglês
  • Espanhol
duvida legal MDM

Dúvidas legais envolvendo MDM e rastreamento de celulares

Embora o uso de smartphones e tablets nas atividades profissionais não seja novidade, ainda existem diversas dúvidas sobre MDM – especialmente no aspecto legal. Nesse post, vamos esclarecer uma das principais: afinal, é legal rastrear um dispositivo móvel corporativo?

MDM para dispositivos corporativos

Antes de entrar nessa questão, é necessário reforçar que um gerenciador de dispositivos móveis (MDM, na sigla em inglês) é uma solução feita para celulares e tablets corporativos.

Ou seja, quando o assunto é o aparelho pessoal dos colaboradores, a empresa não pode rastrear, configurar ou gerenciar de qualquer forma os dispositivos. No entanto, aqui é comum que companhias tenham diretrizes que apontem limites de uso dos equipamentos – indicando, por exemplo, que o uso de um celular pessoal durante o expediente é proibido.

Por outro lado, o celular corporativo pode ser rastreado quando este é integrado com um MDM. Isso porque o dispositivo é na verdade um ativo da empresa, que é cedido aos colaboradores para que possam trabalhar de forma mais fácil, moderna e eficiente.

Dúvidas jurídicas sobre MDM

Mesmo assim, é muito comum que, ao adotar a mobilidade corporativa, muitos gestores fiquem com dúvidas se visualizar a localização dos dispositivos é algo permitido. Embora existam exceções e seja necessário, claro, analisar o contexto da sua empresa, geralmente essa ação é, sim, permitida.

Isso porque, como você já viu, os dispositivos móveis são da empresa, portanto, saber onde estão localizados é uma ação que cabe à companhia. Porém, tenha atenção porque isso só pode ser feito durante o expediente.

Ou seja, você não pode verificar a posição de um aparelho quando este não está sendo usado em atividades corporativas (mesmo ele sendo corporativo). Fazer isso poderia ferir a privacidade dos colaboradores – por exemplo, verificar o endereço de quem opera o aparelho.

E se por um lado, inicialmente, há receio em utilizar um MDM devido a possíveis restrições legais, por outro, após começar a utilizar a ferramenta, muitas empresas percebem que ela pode na verdade prevenir questões legais e trabalhistas.

Isso ocorre porque com um MDM é possível restringir o período no qual os smartphones e tablets ficam disponíveis. Assim, por exemplo, você define que eles serão usados somente no tempo de expediente, o que evita o uso indevido fora do trabalho.

Benefício similar ocorre com a instalação e atualização remotas de apps. Graças a essa funcionalidade de um gerenciador de dispositivos móveis, sua empresa evita que qualquer aplicativo possa ser instalado, o que impossibilita o uso inapropriado e potencialmente ilegal com os equipamentos da empresa.

O próprio rastreamento dos aparelhos também ajuda nesse sentido. Além de se certificar de que estão sendo usados para atividades corporativas nos locais corretos (por exemplo, em equipes de venda), ele também auxilia na hora de localizar dispositivos perdidos/furtados.

Visualizar a geolocalização dos aparelhos

Ok, agora que você sabe que é possível localizar um dispositivo móvel corporativo e quais as vantagens que isso pode trazer para o seu negócio, é hora de entender como isso funciona na prática.
Embora algumas empresas arrisquem apostar em soluções gratuitas e apps que não são voltados para o uso empresarial, o melhor, sem dúvida, é apostar em um localizador de dispositivos móveis corporativos. Ou seja, um MDM.

A forma de como localizar um celular corporativo pode variar de acordo com cada ferramenta de gestão de dispositivos móveis empresariais. A geolocalização com a Pulsus, por exemplo, é realizada com alguns cliques dentro da plataforma web de gestão.

Nela, é possível visualizar a posição de um dispositivo em um mapa no momento, bem como saber onde ele se encontrava em um determinado horário de uma data retroativa. Isso é possível porque com o MDM da Pulsus o GPS dos smartphones/tablets estão sempre ativados para coletar esses dados.

Saiba mais: lei que proíbe uso do celular no trabalho.

Agora você já sabe quando é permitido visualizar a localização dos dispositivos móveis da sua empresa e também como é fácil e eficiente realizar tudo isso com o MDM da Pulsus!