• Inglês
  • Espanhol
atualização remota de aplicativos no gerenciador Pulsus

Atualização remota de aplicativos com o gerenciador da Pulsus

Atualizar, instalar e desinstalar apps pode ser muito trabalhoso, especialmente quando há um grande número de aparelhos na empresa. Por isso, deixar essa tarefa mais simples, rápida e eficiente é fundamental para um negócio que busca produtividade e economia (seja de tempo, seja de energia e recursos). Nesse post, você entende como a atualização remota de aplicativos acontece graças ao gerenciador de dispositivos móveis corporativos da Pulsus.

Quando optar pela atualização remota de apps

Qualquer companhia que conta com o uso de celulares e/ou tablets em atividades, processos internos e nas tarefas de equipes (atuem elas de forma interna ou externa) deve considerar uma estratégia de atualização remota de aplicativos. Isso porque essa tarefa, embora pareça simples, pode acabar demandando bastante tempo da equipe de TI e, além disso, reduzir a produtividade e a eficiência dos outros colaboradores.

Esses problemas são notáveis em três situações principais: 1) quando o volume de aparelhos – e, consequentemente, de apps – é muito grande; 2) quando há a necessidade de que os dispositivos estejam na posse física de quem irá atualizá-los; 3) quando os aplicativos utilizados pelos colaboradores costumam ter atualizações frequentes, o que, na falta de um processo automatizado, pode gerar tempo ocioso dos colaboradores e demanda alta para a equipe de TI.

Ou seja, se a instalação/atualização de softwares é feita de forma presencial e individual (em um dispositivos por vez), a equipe de TI acaba ficando sobrecarregada com essa tarefa. Além disso, os outros times que dependem dos dispositivos móveis para efetuarem suas tarefas perdem temporariamente essa ferramenta.

Portanto, atualizar aplicações móveis de forma online é uma estratégia fundamental para empresas que buscam a automação de gestão e de processo. Se esse é o caso da sua companhia, é muito recomendável que ela passe adote alguma forma de realizar esse processo de maneira automática e remota.


banner 5 argumentos para justificar o investimento na gestão de dispositivos móveis

Como funciona a atualização remota de aplicativos

De maneira geral, essa ação é feita por meio de softwares de gerenciamento de dispositivos móveis (MDM, Mobile Devices Management, na sigla em inglês). Apesar de a atualização remota de aplicativos ser possível por outras formas – a maioria com uma natureza mais manual e menos eficiente/segura -, essa é a maneira mais eficiente.

O gerenciamento de aplicativos com a Pulsus, por exemplo, ocorre através de um processo simples que envolve duas etapas: a instalação do software gerenciador nos dispositivos da sua empresa, e a administração dos aparelhos através de uma plataforma disponível na nuvem. Dessa forma, basta contar com uma conexão de Internet e um navegador para fazer o gerenciamento dos dispositivos móveis corporativos da sua empresa.

É através da plataforma MDM que a atualização remota de aplicativos, que ocorre de forma massiva, online e segura, é efetuada. Ou seja, é possível atualizar diversos apps simultaneamente em todos os celulares/tablets ou, então, somente naqueles que você considera necessários (como nos dispositivos usados por vendedores, motoristas, gestores etc. E tudo com apenas alguns cliques.

Além disso, outra vantagem de realizar a gestão de celulares e tablets com a ferramenta da Pulsus é que a atualização de apps pode ser agendada de acordo com condições do interesse do seu negócio.

Por exemplo, é possível definir que a instalação e a atualização de apps ocorram somente quando os aparelhos estejam conectados a uma rede Wi-Fi – o que ajuda a reduzir o consumo de dados móveis de Internet. É possível, ainda, estabelecer que os updates aconteçam em horários específicos (por exemplo, fora do expediente dos colaboradores).

Vantagens de atualizar apps remotamente

Como você já pode ter percebido, os principais benefícios que a atualização remota e massiva de apps em dispositivos corporativos são: aumento da produtividade, redução no volume de chamados de suporte da TI e mais controle de quais aplicativos são atualizados e como isso ocorre.

Graças à atualização (e também instalação) de apps de forma remota por meio de uma ferramenta MDM, a sua empresa tem total autonomia e controle desses processos. Assim, pode efetuar updates nos melhores horários possíveis, reduzir o consumo de dados e ainda garantir que todos os dispositivos estejam com a versão mais recente dos aplicativos para, portanto, ajudarem os colaboradores a terem a performance ideal.

Com uma ferramenta de gestão de dispositivos empresariais, sua companhia conta com funcionalidades que ajudam na automação de processos e, dessa forma, agilizam tarefas e aumentam a eficiência dos colaboradores. Apesar de ser possível instalar apps remotamente no Android, por exemplo, essa ação não pode ser realizada de forma sistemática e automática. Outro aspecto importante é que, sem um gerenciador, qualquer pessoa, em tese, pode atualizar e instalar apps. Isso reduz a segurança dos dados contidos nos dispositivos e ainda pode gerar mau funcionamento/uso nos celulares e tablets.


Teste grátis o gerenciador da Pulsus!