• Inglês
  • Espanhol
vida útil de um celular

Vida útil de um celular: 7 dicas para ele durar mais

Todo mundo que usa um smartphone tem um desejo: poder usá-lo por mais tempo. Quando o assunto é aparelhos corporativos, isso é ainda mais importante. Afinal, conseguir esse feito significa mais produtividade e economia. Por isso, confira sete dicas para aumentar a vida útil de um celular.

Como aumentar a vida útil de um celular corporativo

Para combater a obsolescência dos aparelhos móveis, é preciso adotar algumas atitudes que ajudam a conservar os smartphones e maximizar a vida útil de um celular – na medida do possível. Veja as nossas dicas!

1 – Cuidar da bateria

Entre os truques para conservar um smartphone, como economizar a bateria do celular é um dos mais requisitados. Nesse caso, tenha atenção com o brilho da tela, muitos apps abertos simultaneamente e com a execução de aplicativos robustos (como a câmera, por exemplo).

Para garantir que além de econômica, a bateria do telefone também tenha vida longa, um momento chave é na hora do carregamento. Nunca deixe para carregar o aparelho somente quando a bateria zerar, porque isso reduz a sua vida útil e a capacidade dela em reter energia.

2 – Remover apps e arquivos desnecessários

Quanto mais aplicativos e arquivos estiverem armazenados no celular, mais cheia fica a memória do aparelho. Isso com o tempo interfere em sua performance e acaba reduzindo a vida útil dele.

Além disso, executar muitos apps simultaneamente (mesmo que em background) demanda muito da memória RAM e do processamento do dispositivo. O resultado você deve ter adivinhado: smartphone que “trava” toda hora.

Para evitar tudo isso, apague os arquivos desnecessários, documentos antigos e desinstale aqueles aplicativos que você nem usa mais.

3 – Salvar arquivos na nuvem

Se você viu a dica anterior e bateu aquele desespero por ter que apagar relatórios e documentos antigos, pode se acalmar. Utilize serviços de armazenamento na nuvem para guardar todos esses arquivos sem precisar ocupar a memória do seu smartphone.

Com ferramentas como Google Drive/Fotos e o iCloud, por exemplo, você consegue aumentar a vida útil de um celular e, além disso, organizar seus arquivos sem precisar se livrar de nada.

4 – Desligar com frequência

Você provavelmente já ouviu que para conservar o seu computador, é preciso desligá-lo frequentemente – de preferência todo dia. Uma recomendação parecida vale para o seu smartphone corporativo.

Embora ele não precise ser desligado todos os dias, deixe ele desativado ao menos por alguns minutos durante a semana. Isso ajuda a limpar a memória RAM, otimizar a sua performance e, claro, aumenta a vida útil do smartphone.

5 – Evitar atualizações de software em aparelhos mais antigos

Como você provavelmente já sabe, a obsolescência programada é muito usada em smartphones e tablets. Ou seja, após um certo tempo, aparelhos mais antigos passam a apresentar problemas de performance, o que incentiva a troca por um modelo mais novo.

No entanto, especialmente para empresas, essa renovação não é viável – nem aconselhável. Então, para maximizar a vida útil de um celular corporativo mais velhinho, o aconselhável é evitar grandes atualizações do sistema operacional.

Porém, fique atento a novas versões de apps, que podem oferecer funcionalidades úteis para a sua empresa, e também em atualizações de pacotes de segurança.

6 – Contar com alguma proteção antivírus

Falando em segurança, é muito importante ter algum software antivírus. Essa proteção evita que softwares maliciosos infectem o aparelho e, assim, prejudiquem o seu uso. Além disso, em casos assim há o perigo de ter dados corporativos roubados ou mesmo apagados.

Por isso, utilize um app de segurança de confiança e também evite se conectar a dispositivos e redes desconhecidos, pois esses também oferecem perigos de cibersegurança.

7 – Proteger o hardware do aparelho

Mas além de ter cuidado e atenção com o software de um smartphone, se você quer mesmo aumentar ao máximo a vida útil de um celular empresarial, é necessário se preocupar com o hardware também.

Isso significa evitar ao máximo quedas, batidas, amassados, contato com líquidos e outros elementos que podem prejudicar o smartphone. Para maximizar esse cuidado, uma boa saída é utilizar películas protetoras para a tela e capas (cases) para o corpo do aparelho.

Seguindo essas dicas você já conta com um jeito fácil e prática de aumentar a vida útil de um celular corporativo e, assim, tem mais produtividade e eficiência por muito mais tempo!