• Inglês
  • Espanhol

Por que o 5G tem trazido uma expectativa maior do que os lançamentos das gerações anteriores?

por Vinícius Boemeke, CEO da Pulsus

O 5G chegou trazendo uma conexão que vai muito além de smartphones e tablets, a nova tecnologia está abrindo portas para a conexão de “tudo”.

Um dos pontos importantes do 5G é que, além de trazer velocidades mais altas, ele promete um nível de latência menor, ou seja, um tempo de resposta ou transmissão menor. Com isso, teremos uma qualidade de conexão superior à que temos atualmente. Não adianta utilizarmos uma internet de 100 MG e uma latência muito alta, certamente teremos problemas para acessar alguns conteúdos. Então o 5G não promete só velocidade, mas ele promete uma melhora nessa latência, que não é oferecida pelas gerações anteriores. 

Isso possibilita uma quantidade de tráfego de dados nunca imaginada antes, permitindo que seja ampliada a capacidade do uso de inteligência artificial, uma vez que, quanto mais dados, maior a capacidade de “inteligência” da inteligência artificial. Isso inclui a inteligência da própria rede que gerencia a conectividade.

Além disso, o 5G vem trazendo junto a disseminação do Open RAN que propõe a colaboração das diferentes  tecnologias e players da indústria de telecomunicações para criar um padrão aberto e que permita interoperabilidade entre diferentes marcas e fabricantes. O que tende a aumentar a concorrência e diminuir custos de aquisição e manutenção da infraestrutura das operadoras.

Evolução tecnológica com 5G

O movimento de adoção do 5G foi acelerado pela pandemia, que acabou gerando uma enorme necessidade de conectividade. A expectativa é que até 2025 as redes 5G irão cobrir 1/3 da população global. 

O MWC Barcelona 2022, que aconteceu em fevereiro, foi o momento perfeito para players de diferentes mercados debaterem sobre todas as novas possibilidades que estão surgindo com a evolução que o 5G está trazendo, inclusive para questões relevantes para a humanidade, como inclusão tecnológica, mudança climática e muitos outros pontos de grande importância. 

A evolução tecnológica do 5G está abrindo portas para novos casos de uso como na saúde, indústria automotiva, aviação, entre outros, garantindo mais recursos e inteligência na rede, junto com a melhoria expressiva de velocidade de conexão.

Impactos e transformações em diversas áreas

Para exemplificar melhor esses impactos, vale pensar sobre a evolução das câmeras dos smartphones, que começaram a capturar mais informações, deixando as fotos mais nítidas, precisas e com tamanho maior. Isso impactou no aumento do tempo de envio para amigos e familiares, pois o arquivo se tornou maior. Com o 5g isso passa a ser muito mais rápido.

Agora vamos imaginar toda essa rapidez para o monitoramento de sinais vitais de um paciente. Quantos indicadores e parâmetros poderão ser enviados para monitoramento em tempo real? Ou até mesmo em nossa casa, quantos equipamentos como lâmpadas e sensores, não poderiam estar se atualizando, fazendo “checks” de saúde e reportando para o próprio fabricante um princípio de defeito antes mesmo que ele aconteça?

Pensando no mundo corporativo, um ponto interessante que vai trazer um benefício muito grande para as empresas que utilizam dispositivos móveis como recurso importante para a execução das atividades profissionais dos colaboradores, é a capacidade de 5G Network Slicing. 

Trata-se da possibilidade de fatiar a rede de uma mesma conexão, ou seja, será possível que um único chip ofereça mais de um serviço para um dispositivo. Na prática, é quando um chip tem 2 linhas de telefone, com 2 planos de dados distintos. 

Para o caso de uso nas empresas, é possível, no mesmo chip que já seja usado com linha pessoal, ativar uma segunda linha, com um novo plano de dados que só será utilizado por aplicativos e recursos corporativos, trazendo separação de tráfego de dados, de contas, de privacidade, etc.

Seja para uso pessoal ou organizacional, as possibilidades do 5G vão muito além, e durante o evento MWC Barcelona 2022 este foi um dos principais temas explorados, com a intenção de promover a aceleração da adoção e da transformação que esta tecnologia pode causar em nossas vidas.

Texto publicado originalmente para o Meio & Mensagem