Os dispositivos móveis estão ganhando cada vez mais espaço no mercado. Aos poucos, esses aparelhos estão substituindo outras tecnologias e tomando o lugar de atividades que eram feitas apenas presencialmente, como transações bancárias e compras de produtos e serviços. 

É difícil encontrar alguém que não tenha um smartphone ou tablet na palma da mão. Seja para pagar contas no app do banco, para utilizar redes sociais ou para transações comerciais, os dispositivos móveis estão facilitando muito a vida, cada vez mais corrida, das pessoas.

Pesquisa

Em 2018, 72 bilhões de transações foram realizadas por dispositivos móveis. A estimativa é de que neste ano, a marca alcance os 200 bilhões. Os dados são da Juniper Research, empresa de consultoria especializada em pesquisa de mercado e bussiness inteligence, obtidos no estudo “Mobile Commerce Markets: Key Sector Strategies, Opportunities & Forecasts 2014-2019”.

Para a empresa, esse aumento significativo deve acontecer em virtude do crescimento dos pagamentos realizados em aplicativos, em especial na arena de games em mídias sociais. O avanço das soluções bancárias também deve representar um aumento significativo de transações. A estimativa é que 48% das operações bancárias sejam realizadas online e 56% delas sejam feitas em um dispositivo móvel.

Ânimo extra em 2019

O aumento das transações realizadas em dispositivos móveis dá às empresas um ânimo extra em 2019. Facilitar as transações sem que o usuário precise se deslocar, aguardar em um fila e passar por outros incômodos são alguns dos benefícios que caíram no gosto popular. Para as empresas, essa facilidade aumenta o número de transações e também oferece mais segurança para ambos os lados.

Os meios tradicionais de transações não devem desaparecer tão cedo, mas aos poucos podem tornar-se obsoletos e desnecessários, como os orelhões, que foram itens fundamentais por décadas e agora são objetos cada vez mais raros de se encontrar.

E você, está preparado para realizar ainda mais transações por dispositivos móveis esse ano?