Como o gerenciamento de dispositivos móveis está mudando o mercado de logística

Atualmente, o setor da logística é um dos mais desafiadores do mundo. A expectativa cada vez maior dos consumidores em receber os seus produtos com agilidade e eficiência e a consequente demanda por serviços com estas características pelos varejistas exige que os prestadores de serviços de logística invistam mais em tecnologia. Uma das soluções com maior adoção no setor para a busca dessa eficiência operacional é a do gerenciamento de dispositivos móveis.

De acordo com o relatório “The Future of the Logistics Industry”, publicado pela consultoria PwC em 2016, o setor logístico no mundo movimenta cerca de US$ 4,6 trilhões por ano. Com desafios crescentes, provocados não apenas pela qualificação do perfil dos consumidores, mas também por concorrentes que entram trazendo novos modelos de negócios para o mercado, as empresas de logística são impulsionadas constantemente a adotar novas tecnologias.

As empresas do setor estão adotando tecnologias com o objetivo de reduzir custos, conquistar eficiência e promover verdadeiras mudanças na forma com que o setor se organiza e funciona.

O setor de logística é um dos grandes beneficiados da tecnologia de gerenciamento de dispositivos móveis (conhecido também pela sigla MDM, de Mobile Device Management) devido à sua própria natureza. Isso porque as três atividades principais do setor são armazenar, transportar e distribuir produtos e mercadorias, e todos estes processos podem ter uma gestão integrada de forma muito mais eficiente com os dispositivos móveis.

Como o gerenciamento de dispositivos móveis é utilizado na logística

Conforme o mais recente relatório da consultoria Transparency Market Research, as vendas no e-commerce devem crescer 20,6% por ano até 2024. O consumidor que está acostumado a utilizar a tecnologia para procurar produtos e mercadorias e pesquisar os seus preços também deseja opções de entrega e transparência nas informações de rastreio das mercadorias.

Para atender a este consumidor mais exigente e informado, as empresas de logística estão utilizando cada vez mais o gerenciamento de dispositivos móveis. O resultado do uso destes dispositivos é que o manuseio e o transporte dos produtos e mercadorias acabam sendo feitos de maneira muito mais rápida e com menos chance de erro humano.

Fica para trás o papel e a caneta, por vezes até o computador é dispensado: o gerenciamento de dispositivos móveis abre frente a uma realidade em que as informações são rápidas e a gestão é remota, com total controle da operação e autonomia da equipe.

Consequentemente, as respostas para os seus clientes também serão mais ágeis e eficazes. Com os aplicativos corretos é possível tornar essas informações transparentes para o consumidor e tornar a experiência de compra dele ainda melhor, aliviando parte da pressão de demanda no SAC.

Algumas empresas também utilizam o gerenciamento de dispositivos móveis como forma de garantir que os funcionários fiquem focados apenas nos aplicativos úteis no dia a dia, como apps que ajudam a planejar rotas, acompanhar cargas em navios através de GPS ou fazer o gerenciamento de um armazém.

Além de ser útil no dia a dia de quem trabalha com logística, o gerenciamento de dispositivos móveis permite que a empresa tenha pleno controle de todos os seus dispositivos corporativos. É vital para qualquer companhia, independente do setor em que atue, saber quantos dispositivos móveis têm, onde estão e para que eles são usados.

Um MDM facilita todo este controle e ainda ajuda na hora de disponibilizar os aplicativos mais úteis para cada colaborador nos diferentes estágios da cadeia de suprimentos. Outra vantagem desta tecnologia é que um gerenciador de dispositivos móveis também centraliza e facilita a atualização destes aplicativos úteis para os diferentes perfis de colaboradores da empresa de logística.

 

Posts relacionados: